Seja bem-vindo(a), Faça login

Livro - Por que tanta Maldade no Mundo? - Alberto Farah
  • Livro - Por que tanta Maldade no Mundo? - Alberto Farah

Livro - Por que tanta Maldade no Mundo? - Alberto Farah

Sku: 806

NCM: 4901.99.00

Categoria: LIVROS DO ARTISTA

ISBN: 9788567504063

Quantidade Disponivel: 200 un

Prazo de Produção: 1 dia útil

Unidade: un
un

Por R$ 25,00

ou em 6x de R$ 4,17

Ver parcelas
1xdeR$ 25,00 Total: R$ 25,00
2xdeR$ 12,50 Total: R$ 25,00
3xdeR$ 8,33 Total: R$ 25,00
4xdeR$ 6,25 Total: R$ 25,00
5xdeR$ 5,00 Total: R$ 25,00
6xdeR$ 4,17 Total: R$ 25,00
Frete e Prazo

Simule o frete e o prazo de entrega estimados para sua região:

Informações do Produto

          "Descobriu-se ultimamente que durante milênios houveram várias espécies de humanos no mundo, que se cruzaram, coabitaram e trocaram genes.

          Os homens podiam estar meramente vivos no sentido biológico ou realmente, espiritualmente vivos, dependendo dos poucos conhecimentos sobre a morte, mas mesmo assim eles matavam para apoderarem-se de bens alheios, possuir terras de vizinhos, enfim, a humanidade já era má e os conflitos começaram desde que as comunidades pensaram tentar se sociabilizar. Guerras civis degenerando em disputas raciais e ideológicas.

          É preciso lembrar que a religião acrescida da política sempre acabou em guerra. Foi o motivo pelo qual em todos os países da Europa pessoas comuns cometeram barbaridades abandonando qualquer princípio moral para sobreviver, nutrindo uma atmosfera de ódio e ressentimento sem limites. Pessoas com medo, acreditando na Bíblia, pensando em coisas absurdas, sem lógica, permanecendo eternas crianças, conduzindo-as ao lado maldoso e nunca ao lado bondoso.

          Em 1478 o Papa Sisto IV assina a bula através da qual funda a nova inquisição na Espanha, em favor dos reis católicos. É só lembrar a queima dos hereges desde séculos, o direito de praticar violência a todos que rejeitam doutrinas, a inquisição no século XIII pelo papa Inocêncio III, massacrando com tortura e receber benção da igreja. Durante a Segunda Guerra Mundial, nos Bálcãs, sérvios ortodoxos brigaram com croatas católicos-romanos, matando-se sem piedade, afirmando seguir os ensinamentos de Jesus: “amar o próximo! ”

          Quantas horríveis atrocidades foram encobertas pela religião quando a Índia foi dividida. Pode-se concluir que apesar de decepcionar muitos religiosos, a Bíblia é apenas um livro histórico, nada tendo de sagrado, tendo sido escrito, modificado e interpretado diferentemente durante muitas gerações, influenciadas por tradições populares e séculos de doutrinas."

 

Autor: Alberto Farah
72 páginas - 1ª edição
Livro impresso: formato: 14 x 21 cm
ISBN nº 978-85-67504-06-3

Avaliação dos Clientes
  • Nenhum comentário foi postado para esse produto, seja o primeiro!